Dois jovens, de 18 e 19 anos, estão em internados em estado grave após serem agredidos por seguranças de uma empresa terceirizada de montagem de ‘stands’ dentro do recinto da Agrishow na rodovia Prefeito Duarte Nogueira, na zona Rural de Ribeirão Preto. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (9).

Segundo informações do B.O, as vítimas foram até o local para receber pelos serviços prestados a terceirizada, quando foram recebidos por um homem que se dizia responsável pelo local. Os dois jovens foram agredidos por socos e chutes pelos acusados, apavorados e com medo de serem mortos, os jovens saíram correndo. Os jovens andaram cerca de 4 quilômetros ate chegarem em casa no Jardim Progresso, na zona Oeste da cidade.

De acordo com o tio das vítimas Manoel Jesus, os jovens estavam com ferimentos na cabeça e apresentavam fraturas nas mãos. “No momento que os meus sobrinhos chegaram em casa, levei os dois para UBDS da Vila Virgínia e acionei a PM. Meus sobrinhos são trabalhadores, não mereciam oque fizeram com eles”. Vamos procurar nossos direitos isto não pode ficar em pune. Finalizou o tio dos jovens. Tentamos contato com a empresa responsável pelos ‘stands’ mais não obtivemos retorno em nossas ligações.

Jean Jesus Burys, de 19 anos, e Luciano Jesus Burys, de 18 anos, foram internados ambos com traumatismo craniano.

Em nota a Agrishow falou sobre a ocorrência.

NOTA OFICIAL

A Agrishow comunica que a ocorrência relatada nesta quarta-feira, dia 9 de maio, em seu local de exposição, não está relacionada aos profissionais da segurança patrimonial contratados pela Informa Exhibitions, organizadora da feira. Como principal evento do agronegócio nacional, a Agrishow preocupa-se constantemente com a segurança e bem-estar das pessoas que circulam durante todo o período do evento.

 

Deixe uma resposta